. JEFFERSON DE MELLO . Software e Pensamento . [Literatura]

 

   
           
 

Literatura

 
Peças Teatrais Contos & Romances Publicações Roteiros

 peças teatrais     

QUEM MATOU PAPAI? - 2004 (texto escrito em 1995)
Co-Autor com Leonardo Goulart
Nas décadas de 40 e 50, surgiu no cinema americano um gênero cinematográfico, em que as histórias eram centradas em mistérios insolúveis e utilizavam técnicas oriundas do cinema expressionista alemão, cujos representantes imigraram para os EUA durante a Segunda Guerra Mundial. O detetive durão, o reflexo na rua molhada, a "femme fatale", o contraste claro/escuro, são características facilmente reconhecíveis nesse gênero que os críticos franceses batizaram de “film noir” (filme escuro). No “film noir” nem o próprio detetive acredita na honestidade de sua causa, transitando sempre entre seus ricos clientes e a mais baixa escória criminosa, tratando todos com a mesma arrogância. Com a montagem da comédia "Quem Matou Papai?", fazemos uma sátira a essas histórias numa atmosfera em Preto e Branco, com muito humor. O Detetive Filho investiga vários suspeitos para descobrir Quem Matou Papai.. 


ANTES ASTROS DO QUE NUNCA - 2003
Autor
Nos anos 70... quatro jovens meio malucos, se tornaram a maior banda pop de todos os tempos... daquela década. Dois velhinhos em 2032 relembram suas aventuras nos anos 70 e tentam publicar a biografia da banda que formaram com suas namoradas. A peça conta a história de 4 jovens que formaram uma banda e lutaram para fazer sucesso com "suas músicas" na Era Disco. Uma comédia com shows dublados de grandes sucessos musicais internacionais da década de 70, como Abba, Bee Gees e Donna Summer. O texto prevê um telão de 12 m2 usado para costurar a peça com projeções de vídeos, contando determinadas histórias da banda de forma irônica e cômica.


ALFASIX – A INVASÃO DAS TERRÍVEIS HORTALIÇAS ASSASSINAS - 2000
Co-Autor / Adaptação
Um espetáculo que diverte e adverte! Inspirado no filme MATRIX, este espetáculo é uma comédia romântica ambientada no futuro. Tema: o uso de drogas e suas conseqüências. Esta peça procura mostrar os resultados desastrosos causados pelo uso de entorpecentes. Para tanto se enfatizou o extremo contraste entre uma vida saudável e equilibrada e a decadência causada pelas drogas. A história se passa em 2069, quando o ALFASIX, um poderoso entorpecente a base de alface domina a juventude. Thomas, um brilhante professor de química, vê sua amada morrer de overdose de alfasix. Ele inicia então uma viagem ao outro mundo. Na tentativa de encontrar sua amada, ele utiliza outras pessoas como cobaias. Uma delas é Vithor, um “predestinado” que tem o dom de atravessar a fronteira entre a vida e a morte. Thomas e Vithor começam uma batalha em um mundo no qual tudo pode acontecer... É uma luta entre a verdade e a mentira, entre o real e o irreal, entre a vida e a morte..


o porquê

O PORQUÊ - 1998
Autor
 O quê é o tempo? Por que temos a sensação de dejavu e por que há tanta curiosidade sobre assunto? O Porquê aborda algumas questões filosóficas que intrigam a sociedade há milênios. Deus existe? Até a própria vida, comportando-se como um filme que é rodado várias vezes, pode sugerir que o que conhecemos como existência não passa de uma sensação que dura uma minúscula parte do tempo e como o passado não existe mais e o futuro ainda não existe, podemos questionar até mesmo a duração de uma vida..


HIPPIES: A VIDA COMO ELA ERA - 1998
Co-Autor com Leonardo Goulart
A História de dois casais que se conhecem na adolescência, na década de 1960, começam a namorar nos anos 1970 e definem o rumo de suas vidas em meados de 1980. Eu e os demais componentes do nosso grupo (The Virgens Again) andava procurando um texto para montar. Aí, um dia, o Leonardo teve uma grande idéia: "Escreveremos sobre nossas vidas!". Arregaçamos as mangas e começamos. Leonardo no teclado e eu na caneta. Mas não foi tão fácil obter o resultado que obtivemos. É difícil expor cenas importantes de sua própria vida e ainda interpretando a si mesmo. Não se assuste se ao assistir a peça, você achar que algum personagem se parece com você. Não será mera coincidência e nem pura realidade. Entendeu?


QUEM MATOU PAPAI? - 1995 (1º montagem)
Co-Autor com Leonardo Goulart
Nas décadas de 40 e 50, surgiu no cinema americano um gênero cinematográfico, em que as histórias eram centradas em mistérios insolúveis e utilizavam técnicas oriundas do cinema expressionista alemão, cujos representantes imigraram para os EUA durante a Segunda Guerra Mundial. O detetive durão, o reflexo na rua molhada, a "femme fatale", o contraste claro/escuro, são características facilmente reconhecíveis nesse gênero que os críticos franceses batizaram de “film noir” (filme escuro). No “film noir” nem o próprio detetive acredita na honestidade de sua causa, transitando sempre entre seus ricos clientes e a mais baixa escória criminosa, tratando todos com a mesma arrogância. Com a montagem da comédia "Quem Matou Papai?", fazemos uma sátira a essas histórias numa atmosfera em Preto e Branco, com muito humor. O Detetive Filho investiga vários suspeitos para descobrir Quem Matou Papai..


 topo

 

 contos & romances     

por que
a menina
hippie
matou
alfasix

POR QUE A MENINA HIPPIE MATOU ALFASIX - 2012
Autor do Romance
 
Um grupo teatral, após ser banido, está de volta com uma remontagem. Seus inimigos: a maioria da classe teatral e a prefeitura. O líder do grupo, Thomas, se vê metido em uma paixão platônica por uma jovem garota, atriz do espetáculo. Ela não é criança, apenas parece. É onisciente e foi cooptada por uma organização secreta para ser uma de suas caçadoras. Thomas também foi, e mantém poderes especiais: voa. O grupo luta contra obstáculos para que a estreia vingue. Os que amam vencem no final.

liberdades

LIBERDADES - 2012
Autor da Coletânea de 5 Contos
 GESTAÇÃO
 LINGERIE
 SELINHO
 INTERNADA
 AZUL

outros sentidos

OUTROS SENTIDOS - 2012
Autor da Coletânea de 5 Contos
 
PEDRAS
 RELAXE
 A CASA AZUL
 O PORQUÊ
 CAÇADORES

imagens do acaso:
imagens de deus

IMAGENS DO ACASO: IMAGENS DE DEUS - 2006
Autor do Conto
 A personagem Ella tenta reencontrar sua mãe e para atingir seu objetivo precisa se livrar de todos os seus preconceitos. O poder da mente, a filosofia da física quântica e as bases da teoria do caos são abordados de forma agradável, lúdica e acessível para qualquer pessoa de 8 ao infinito.


topo

 

 publicações     

IMAGENS DO ACASO: IMAGENS DE DEUS - 2006
Autor do Conto e Produtor
 Livro de arte ilustrado. "Imagens do Acaso: Imagens de Deus" mostra, através de textos e imagens, que nossos conceitos muitas vezes podem estar errados e que aquilo que enxergamos pode não ser exatamente real. Com cativantes ilustrações e fotos da iconoclasta internacionalmente conhecida Karin Schwarz e textos do polêmico pensador Jefferson de Mello, este livro leva o leitor a uma profunda e agradável reflexão sobre quem somos nós e por que estamos aqui. Não há como enxergar a verdade se a única verdade que vemos é a nossa própria.


FACES ONÍRICAS - 2008
Produtor e Revisor de Textos
 Livro de arte ilustradoda artista Karin Schwarz. "Este livro contém a série de digigravuras "Faces Oníricas" da artista Karin Schwarz. O trabalho baseia-se em fotos [manipuladas digitalmente] de faces caracterizadas com temas imaginários."


ESPECTROS - 2005
Produtor e Revisor de Textos
 Livro de arte ilustrado da artista Karin Schwarz. "O livro contém as séries Bárbaras Garotas (série completa); Espectros de Lesbos (série completa); Topografia do Espectador (série completa); OUTRAS SÉRIES (Viagens Alucinantes, Geométricos, Orgânicos, Flores, Moda e Corpo, Trios, Miscelânea); Texto sobre a autora e a obra de Noel Ulvaeus; Pensamentos e citações; Informações sobre a artista; Fotos de exposições e da artista, etc..."



 

topo

 

 roteiros     

mova lolo mova

MOVA LOLO MOVA - 2004
Autor (Roteiro Original)
 Livremente inspirado no premiado filme "Mova Lola Mova". Este roteiro conta a história de um jovem rapaz que mora sozinho em um pequeno apartamento quando recebe uma carta que iria mudar sua vida. A carta avisava que um tio distante dele falecera. Único herdeiro da fortuna de R$ 18.000.000,00 deixada pelo tio, ele tinha 20 anos para desenvolver técnicas de telecinergia (mover objetos com o poder da mente) caso não conseguisse, a fortuna iria para instituições de caridade. Durante os próximos 20 anos Lolo dedicou toda a sua vida para conseguir mover objetos com a mente. Tentou yoga, meditação, musculação e tudo o que fosse possível. Em dado momento da história ele acaba se envolvendo com uma riponga que lhe dá muitas outras sugestões para conseguir chegar ao seu objetivo. E os dois percorrem juntos este caminho e farão o que for possível para desenvolver a capacidade da telecinergia.


a
água adocicada
e os
beija-flores

A ÁGUA ADOCICADA E OS BEIJA-FLORES
Autor (Roteiro Original)
 Num sítio uma velhinha enquanto adoça água e acrescenta uma dose de uma substância que tira de um armário. Ela enche o bebedouro, pendura-o na varanda, relembra de quando era uma bela jovem... Nas lembranças ela está feliz com seu noivo, um jovem médico que a trata como a uma princesa. No dia do casamento ela descobre que seu príncipe a está traindo. Ela tenta se matar com veneno, mas sobrevive. Ela passa a buscar uma vingança contra qualquer moça que se pareça com as estudantes que estragaram seu sonho. Ela passa a espalhar veneno sobre a pele e seduzir as jovens que ao cederem à suas luxurias morrem envenenadas. Uma das jovens escapa. Elas acabam desenvolvendo uma estranha relação de amor, ódio e medo que duraria muitos anos. Anos mais tarde, depois de parar com os crimes, ela não consegue se livrar do terrível hábito de envenenar beija-flores.


divina monotonia

DIVINA MONOTONIA
Co-Autor (Roteiro Original) com Karin Schwarz
 É a comédia de um casal sem filhos. Mas apesar do marasmo de 14 anos juntos nenhum deles tem coragem de propor a separação. Depois da visita de um sujeito que adora falar de coisas do além a vida do casal muda. Copos se quebram sozinhos, livros caem da estante e por aí vai. É o estopim para graves discussões e a separação. Um tempo depois, os dois já separados, descobrem que as aventuras noturnas, a vida de solteiro, as badalações, não eram tão interessantes. Cada um deles conta que sabotou o casamento. Os copos se quebrando, os livros que caíam da estante, eram tudo obra de cada um deles. É uma história repleta de humor, mas não deixa de ser inteligente. Mesmo fazendo um brinde ao lado bom do marasmo em família, essa história prova que lá não um pingo de monotonia.


o cano

O CANO
Autor (Roteiro Original)
 O CANO fala de um funcionário público de meia idade, casado e com filhos. Um dia ele acorda dentro de um esgoto. Ele se arrasta buscando a saída. Tem tempo de analisar toda a sua vida e cria uma estranha relação com o terrível ambiente. Sua luta contra a morte passa a lhe dar satisfação. Até que ele descobre uma saída, mas um estranho medo da volta à vida normal o traz reflexões que iram mudar sua vida para sempre. Esse trabalho tenta levar o público a analisar a condição do homem na vida urbana. Até que ponto somos livres? Até que ponto a rotina e a busca pelos bens e valores impostos pela sociedade é melhor do que a alienação total.


uma batata
para quatro
condenados

UMA BATATA PARA QUATRO CONDENADOS
Autor (Roteiro Original)
 Uma Batata Para Quatro Condenados, conta a história de quatro judeus presos em pequeno campo de construção. Por falta de estrutura, eles eram os únicos judeus naquele campo e ficavam presos em uma pequena edícula. A cada quinze dias o campo recebia mantimentos incluindo as batatas. De repente ocorre uma explosão nos alojamentos dos alemães. Todos morrem. O grupo de quatro judeus se depara com a seguinte situação: Dentro da cela há somente uma batata e os novos suprimentos só seriam enviados em 12 dias. A partir daí começa uma série de situações e idéias mirabolantes de tentar fugir, tentar plantar a batata e toda a sorte de desesperos.


o copo

O COPO
Autor (Roteiro Original)
 "O COPO" aborda de forma inteligente e sensível, assuntos como o destino do ser humano após a morte, outras dimensões e o fatalismo da crença humana.
O confronto dos quatro personagens principais se propõe à discussão de várias linhas de pensamento sobre a condição do espírito do Homem em vida ou não. Contraposições e opiniões teocrato-religiosas, céticas, científicas e bucólicas.
Através de uma trama basicamente intelectual, os personagens mostram até onde pode ir a eloqüência humana quando as crenças mais íntimas são postas em jogo.


topo


 
 

 

  

  

 
Quem Sou
Jefferson de Mello
Web-Programação
Serviços
Produtos
Portfólio
Tutoriais
Orçamento
Atendimento
Artes Cênicas
Espetáculos
Vídeos
Longas
Literatura
Peças Teatrais
Contos
Publicações
Roteiros
Filosofia
Teorias
Pensamentos
Mais
Links
Curiosidades
Contato
Home
  
 
 


Copyright © Jefferson de Mello. Todos os direitos reservados.
Design by CiadaLogo. Programação by Jefferson de Mello. Powered by Trilhas